Seja aluno da EBD! Uma campanha da Igreja Plenitude da Fé Mogi das Cruzes - Tel.: 4723-1808

segunda-feira, 18 de abril de 2011

EBD - Escola Bíblica no Rádio - Lição nº2

EBR – ESCOLA BÍBLICA NO RÁDIO (Uma programação da Igreja A.D Plenitude da Fé)


Lições Bíblicas do 2º Trimestre de 2011 - CPAD - Jovens e Adultos
MOVIMENTO PENTECOSTAL - As doutrinas de nossa fé.

LIÇÃO 2 – NOMES E SIMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO

TEXTO ÁUREO: "E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele” (Mt 3.16).

Comentários: A cada batismo que realizava, João Batista aguardava a confirmação que Deus lhe prometera: “Sobre aquele que vires descer o Espírito e sobre ele repousar, esse é o que batiza com o Espírito Santo” (Jo 1.33b). Na ocasião do batismo de Jesus, embora João já soubesse quem era Jesus, para que não houvesse sombra de dúvidas de que Jesus é o enviado do Senhor, o Espírito de Deus foi visto descendo sobre Ele como prova incontestável.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - João 1.29-33; Romanos 8.9-15.
INTRODUÇÃO
O Espírito Santo não é uma força, influência ou poder emanado de Deus. Ele é a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Sua atuação é conhecida de Gênesis a Apocalipse. A Palavra de Deus nos mostra que o Espírito Santo é uma pessoa que age, decide, guia e cumpre o plano de salvação que o Pai traçou para a humanidade por meio do sacrifício de seu filho.
A estudarmos os nomes e símbolos do Espírito Santo conheceremos seu caráter e obra, e aprenderemos mais a respeito da fé pentecostal.
I. A PLURALIDADE DOS NOMES DO ESPÍRITO SANTO
Os nomes do Espírito Santo estão relacionados à sua obra e caráter. Para os hebreus o nome de uma pessoa revela seu caráter e sua índole.
- Nomes do Espírito Santo: A Palavra de Deus nos revela seus nomes: Espírito de Deus (Gn 1.2); Espírito do Senhor (Is 11.2); Espírito de Cristo (Gl 4.16); Espírito de Seu Filho (Fp 1.19); Espírito de Jesus (At 16.7); Espírito do nosso Deus (1Co 6.11).
- O Consolador: Este é um dos nomes mais conhecidos, significa “alguém chamado a ficar ao lado de outro para ajudar”.
- O Espírito da Verdade: O Consolador tem como missão revelar a verdade de Deus em Jesus Cristo. O Espírito Santo convence o homem do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8).
- Espírito de Graça: Sem o Espírito Santo não há arrependimento. Sem arrependimento verdadeiro não há salvação pela graça. O Consolador comunica a graça de Deus aos homens (Hb 10.29; Zc 12.10)
- Espírito de Vida: Sem o Espírito Santo estaríamos mortos em nossos delitos e pecados (Ef 2.1). Ele operou em nós o novo nascimento e deu-nos nova vida em Cristo (2 Co 5.17).
II. OS SÍMBOLOS BÍBLICOS
A Palavra de Deus é rica em linguagem simbólica. Jesus utilizou-se de símbolos para ilustrar verdades espirituais a respeito da sua missão aqui na Terra (Jo 6.35; 8.12; 10.9; 14.6). A própria Bíblia, a Palavra de Deus, é representada por vários símbolos: espada (Hb 4.12); lâmpada (Sl 119.105); alimento (Jó 23.12); leite (1 Pe 2.2) e mel (Sl 19.10).
Por meio de símbolos a verdade bíblica é ensinada de modo simples e objetivo.
III. OS SÍMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO
Os símbolos que representam a Pessoa do Espírito Santo são: Fogo, Água, Rio, Chuva e Selo.
- Fogo (Lc 3.16)
O fogo simbolizava a presença de Deus, a purificação e o juízo divino no Velho Testamento (Ex 3.2; Sl 50.3; Is 6-1-7). Em Lucas 3.16, o fogo é apresentado como elemento purificador na vida de quem recebe o batismo com o Espírito Santo. O Consolador nos ajuda a viver em santidade (2 Ts 2.13), pois passamos a ser seu Templo (1 Co 6.19).
- Água, rio e chuva (Jo 7.37,38)
No plano espiritual, água, rios e chuvas simbolizam o mover do Espírito na vida dos que recebem a Cristo (Jo 4.14). A renovação que a água produz significa a operação miraculosa do Espírito Santo na vida do homem, produzindo a regeneração e a vivificação espirituais (Tt 3.5).
- Selo (2 Co 1.21, 22; Ef 1.13)
O selo indica propriedade, posse. Somos selados pelo Espírito Santo quando aceitamos a Cristo como nosso único e suficiente Salvador. Somos propriedade de Deus, pois fomos selados por ele com seu Espírito Santo. Quando Cristo voltar para buscar a sua Igreja, subiremos com Ele, pois o Senhor virá buscar aqueles que lhe pertencem.
O próprio Espírito Santo testifica com o nosso espírito que pertencemos a Deus (Rm 8.16). O Espírito Santo é o penhor que garante nossa futura herança em Cristo (Ef 1.14).
CONCLUSÃO
Quando entregamos nossas vidas a Jesus Cristo, crendo nEle como Salvador pessoal, o Espírito Santo passa a habitar em nós. Ele é a nossa garantia de que somos do Senhor. Se somos de Deus precisamos agradar a Ele e a seu Espírito Santo que habita em nós.
Pb. Sergio Roberto

Pesquisar este blog

Postagens populares

Materiais no Slideshare

GOSPEL NOTÍCIAS

Seguidores

Google+ Followers